Copa do Brasil reserva reencontro entre Grêmio e Ronaldinho

02/09/2015 10:09

Desde o seu retorno ao futebol brasileiro, os reencontros de Ronaldinho Gaúcho com o Grêmio — Flamengo, Atlético-MG e, agora, Fluminense — se tornaram um capítulo à parte. A Copa do Brasil vai trazer, no fim do mês, os duelos mais importantes dessa rivalidade. Além de seguir sonhando com o penta, o torcedor quer eliminar aquele que um dia foi ídolo e hoje é tratado como desafeto.

Giuliano garante que essa rixa não entra no vestiário. Fica restrita à arquibancada. “Isso fica para o torcedor, para o Ronaldinho. Para nós não interfere. Tem que ter muita atenção, ficar ligado o tempo todo, porque é um jogador que decide, mas nada fora disso”, salienta.

No último encontro, o meia-atacante levou a melhor — como tem sido normalmente. No Brasileirão, na sua estreia pela equipe carioca, o Grêmio foi batido por 1 a 0, no Maracanã, com a jogada do gol começando justamente dos seus pés. Em oito confrontos, foram cinco vitórias de Ronaldinho contra apenas duas do Grêmio, além de um empate. O camisa 10 foi econômico nas palavras ao falar do enfrentamento. “Vai ser um grande jogo. Ganhar uma competição é uma motivação a mais”, disse.

Depois de ser anunciado com pompa, ainda mais depois de o Fluminense vencer uma disputa com o rival Vasco, a lua de mel com o torcedor parece ter acabado no fim de semana. Ele foi muito vaiado quando substituído no segundo tempo, domingo, diante do Atlético-MG. “A cobrança maior é minha mesmo. A cobrança é diária, e isso é o que me motiva. O jogador tem que entender, assimilar e procurar fazer o melhor para mudar isso”, destacou o atleta.

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!