Reunião em SP define se compra da Arena acontece ainda em 2015

08/10/2015 09:36

 Na próxima quarta-feira, em São Paulo, os credores da OAS respondem em assembleia se aceitam o plano de recuperação judicial apresentado pela empresa. A concordância acelera a finalização da compra da gestão da Arena pelo Grêmio, que ocorreria entre o fim de novembro e o início de dezembro. Se houver negativa, por outro lado, cria-se uma nova barreira 

O Grêmio aguarda a reunião com boas expectativas. O plano que será analisado no encontro tem 497 páginas e foi proposto pela empreiteira no mês passado. Entre os ativos para a quitação das dívidas está justamente o acerto encaminhado com o clube, assim como as participações na Fonte Nova e Arena das Dunas. No primeiro encontro, terça-feira da semana passada, um dos credores solicitou mais tempo para analisar e recebeu apoio dos demais. Se aceito o acordo, faltaria somente formalizar o que já foi negociado para o repasse da gestão do estádio, o que aconteceria em até dois meses.

Se a resposta for negativa, embora a compra da Arena seja um processo irreversível, poderia levar um pouco mais de tempo para ser concretizado. A possibilidade, então, seria os bancos que forneceram o financiamento do BNDES — Banco do Brasil, Santander e Banrisul — ingressarem na Justiça cobrando as prestações atrasadas. São ao menos três parcelas devidas, no total de mais de R$ 11 milhões. Entre as garantias bancárias apresentadas pela OAS estão a própria gestão do estádio e ações da Arena Porto-Alegrense. Uma hipótese, porém, maisremota.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!